5 Benefícios de cultivar em casa a própria comida

Cultivar em casa a própria comida já é a opção de muita gente. Mesmo em pequenos espaços é possível cultivar muitas espécies e plantar sua própria comida.

Há muitas razões pelas quais as pessoas escolhem cultivar em casa a própria comida que vão desde economizar dinheiro até ter acesso a alimentos sem produtos químicos.

Além disso, as vantagens para a saúde na escolha de produtos frescos são significativas, como a motivação para comer melhor e o exercício físico e mental da jardinagem.

Cultivar em casa a própria comida já é a opção de muita gente, mas não se engane achando que ter uma horta é privilégio e exclusividade de quem dispõe de um quintal grande. Mesmo em pequenos espaços é possível cultivar muitas espécies.

A seguir, estão alguns benefícios de plantar a própria comida que precisam ser lembrados. 

Neste conteúdo você aprenderá:

  • Maior controle sobre uso de produtos químicos
  • Economia de dinheiro
  • Você é encorajada a comer melhor
  • Alimentos carregados com nutrientes
  • A jardinagem em si é um bom exercício

Maior controle sobre uso de produtos químicos

Para começar, cultivar a própria comida significa colher frutas e vegetais orgânicos sem precisar comprá-los no supermercado.

Cultivar a própria comida demonstra que você tem controle total sobre ela, desde a escolha de sementes ou plantas, até o equilíbrio do solo, rega e escolha de como deseja proteger suas plantas de pragas.

Existem muitas maneiras naturais de lidar com pragas que não prejudicam a comida em si e não serão um perigo para os eventuais animais que moram na sua casa. A melhor maneira de garantir menos produtos químicos em sua comida é cultivá-la você mesmo(a).

Economia de dinheiro

Um fator que muitas vezes impede as pessoas de comprar frutas, vegetais e ervas frescas é que o valor desses produtos é um pouco mais alto e bastante sazonal, já que depende das oscilações do clima,

Mas é sempre bom lembrar que os alimentos industrializados são mais baratos, exatamente porque seus insumos são de baixo valor nutricional. Sim, você pode gastar tanto em um saco de maçãs quanto em uma refeição congelada, mas o produto natural será muito melhor para a saúde de sua família.

Um pequeno pé de tomate custa pouco e continuará dando tomates repetidas vezes. O mesmo ocorre com muitas frutas e vegetais que continuam crescendo após a primeira colheita.

Você é encorajada a comer melhor

É difícil não comer melhor quando o cultivo da comida é em casa, pois quando você gasta tempo em sua horta, quer usá-la assim que começar a crescer. É emocionante ver o desenvolvimento do plantio, seja a partir de pequenas mudas ou sementes. Isso estimula o paladar e você comerá de forma mais adequada.

Graças aos produtos frescos nutritivos e à comodidade de tê-los em casa, você pode, também, utilizá-los para preparar refeições mais saudáveis e equilibradas.

Esse é um excelente benefício para a saúde, pois sua família pode estar sofrendo de desnutrição sem perceber. Claro, a comida pode ser suficiente, mas não é a alimentação certa. Ter frutas e legumes em casa incentiva você a preparar mais refeições equilibradas para o bem da saúde de sua família.

Todos os seus alimentos são mais frescos

Cultivar em casa a própria comida também sugere que seu alimento é o mais fresco possível. Em muitas mercearias há produtos “frescos”, que podem ter sido colhidos dias antes.

Se você tem uma horta e jardim de ervas, pode colher sua produção e usá-la no mesmo dia. É realmente um estilo de vida “da fazenda à mesa”.

São carregados com nutrientes

Produtos frescos — incluindo frutas, legumes e ervas — têm toneladas de nutrientes. Muitos deles são considerados superalimentos, porque possuem maior quantidade de vitaminas e minerais.

Alguns bons superalimentos são o mirtilo, a couve, o espinafre e o morango. Todas as frutas e vegetais têm os nutrientes que você precisa, e estão em quantidade maior nos produtos frescos. Isso inclui vitaminas A, C e D, ácido fólico, potássio, fibras e vários antioxidantes.

A jardinagem em si é um bom exercício

O próprio cultivo de produtos frescos em seu quintal será bom também para a sua saúde. Trata-se de uma atividade que ajuda você a queimar calorias, ser mais ativo(a) e pode até envolver seus filhos.

Além disso, não se esqueça de que ao ficar em sua horta, com mais frequência, plantando vegetais e ervas, estará mais exposto(a) à luz solar, o que lhe garante maior absorção de vitamina D, bastante deficiente para muitas pessoas nos tempos atuais. Tente envolver todos da família no cultivo da própria comida e todos se beneficiarão disso.

Uma comida fresca é capaz de despertar os sentidos da visão, tato, olfato e paladar, isso porque um alimento, logo que colhido, apresenta uma cor mais viva, uma textura mais firme, um aroma mais marcante e, claro, um sabor mais intenso.

Cultivar em casa a própria comida demonstra que você possui controle total do que é adicionado a ela. Ter menos produtos químicos na comida é, de fato, uma excelente razão para alimentar sua família com mais frutas e vegetais.

Além disso, ter uma horta em casa é uma prática extremamente sustentável, porque gera menos lixo e menos desperdício.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você também vai gostar

Ainda não inventaram nada melhor do que CASA BONITA E ORGANIZADA.

O GUIA CASA INTELIGENTE vai te ajudar com muitas ideias , todas ILUSTRADAS, de como organizar, decorar e receber as pessoas em casa.

É o manual de consultas perfeito para você.